Roteiro em Amsterdam

18 de fevereiro de 2010 at 4:21 PM (Amsterdam, Viagem)

Encontrei uma matéria no site www.guiadasemana.com.br bem interessante com um roteiro de 5 dias em Amsterdam… Então fica a dica!

Antes de embarcar nessa viagem, algumas informações fundamentais. Amsterdã é a capital da Holanda (ou Países Baixos), fala o holandês e é fluente no inglês. A moeda corrente é o Euro e o código internacional telefônico é 020. A cidade é um ótimo ponto de entrada no continente. Do Aeroporto de Schimpol, leva-se menos de uma hora (de avião) para Paris, Berlim e Londres.

1º Dia: Ceentral Station – Vondelpark – coffee shops

No aeroporto, pegue o metrô até a Amsterdã Ceentral Station. Mais de 250 mil pessoas passam por lá diariamente e partem para novas aventuras.

Para quem ainda não tem reservas, o primeiro passo é procurar por hospedagem. Uma dica é ficar num dos marcos turísticos da cidade, o Vondelpark. Ao seu redor, há várias opções de estada, das mais caras, como o Hotel Park (diárias entre 129 e 199 euros) até hostels como o Stay Ok. O abrigo neste albergue não passa de 30 euros.

Com 45 mil m², o Vondelpark é a maior área verde da cidade. Lá também estão o Museu do Cinema e um anfiteatro cujas récitas de música e peças gratuitas animam o verão local (de junho a agosto).

Para matar logo a curiosidade sobre a liberal Holanda, entre em um dos vários coffees shops. Eles vendem maconha para consumo no local (não mais do que cinco gramas), além de cafés, lanches e suvenires. O Bulldog foi o primeiro a ser aberto e é um dos mais conhecidos. Já o Green House e o Baba oferecem produtos de melhor qualidade e são bem descolados.

The Bulldog Coffeshop
Endereço: Oudezijds Voorburgwal 90 II – Tel: 020 6259 864

Baba Coffeeshop
Endereço: Warmoesstraat 64 – Tel:  020 6241 409

Green House Café Coffeeshop
Endereço: Tolstraat 91 – Tel: 020 6737 430

2º Dia: Passeio de bicicleta – Rijksmuseum – Van Gogh Museum

Comece a manhã do segundo dia numa das lanchonetes da cidade e peça um stroop waffles para comer. As bolachas recheadas com caramelo são uma das marcas gastronômicas da cidade e do país.

Você já percebeu quão louco é o trafego de bicicletas em Amsterdã. Entre na onda, alugue uma para conhecer melhor a cidade e vá até a Museumplein, onde ficam o Rijksmuseum e o Van Gogh Museum.

A maior coleção de arte e história holandesa encontra-se no Rijksmuseum, com destaque para as obras de Rembrandt e Brueghel. Já o Van Gogh Museum reúne obras deste outro gênio e diversas coleções.

Rijksmuseum
Todos os dias de 9h até 18h – Nas sextas, até 20:30
Entrada:12,50 Euros
Endereço: Jan Luijkenstraat 1 – Tel: 020 6747 000
Van Gogh Museum
Todos os dias de 10h até 18h – Nas sextas, até 22h
Entrada: 14,00 Euros
Endereço: Paulus Potterstraat 7 – Tel: 020 570 5200

3º Dia: Dam – Koninklijk Paleis – Leidsplein – Baladas

Ponto de fundação de Amsterdã, o Dam é um bom lugar para conhecer traços típicos da cultura neerlandesa. Lá concentram-se feiras livres, de miudezas, um grande número de lojas e bancas de tulipas, a flor nacional. Se estiver por lá em abril, mês da florada, vale à pena estender o passeio para conhecer os coloridos campos vizinhos à cidade.

Aproveite as sapatarias da praça e tire foto com os tamancos de madeira. Eles foram a maneira que os holandeses inventaram para não molhar os pés nas colheitas em áreas alagadiças. Nas lojas há vários modelos e nas fábricas, mais afastadas do Centro, mestres artesãos fabricam as peças na hora.

Para finalizar, visite o Koninklijk Paleis, re-aberto ao público recentemente. Lá acontecem importantes cerimônias públicas e suas paredes carregam a história da Casa de Orange, a família real que governa por séculos os Países Baixos.

Final da tarde, início da noite. A parada é a Leidsplein. A praça reúne a vida cultural jovem de Amsterdã, com teatros, cafés, coffee shops, bares e cinemas. Na Ticket Shop adquire-se bilhetes para inúmeras peças, shows e atividades culturais nas redondezas e em outros cantos. Quem quiser curtir a cena musical tem duas opções bem próximas: as baladas Paradiso e Melkweg.



4º Dia: Artis Zoo – Anne Frank Museum – Heineken Experience

Além dos parques, um programa bem família para se aproveitar é o Artis Zoo, um verdadeiro complexo do conhecimento. O zoológico e o aquário, fundados em 1838, contam com cerca de 700 espécies vivas no seu acervo, muitas em extinção. No prédio principal estão o Museu zoológico e a biblioteca. Colados, o Jardim Botânico, o Planetário e o Museu geológico.

Da ciência para a história, outro importante ponto é a Casa de Anne Frank, a menina de 12 anos que foi testemunha da ocupação alemã e virou símbolo na luta contra no nazi-fascismo. A ambientação retrata as condições das cidades ocupadas durante a 2ª Guerra Mundial e traz trechos do Diário inscritos nas paredes.

Depois de tanta informação, um pouco de cerveja para relaxar na primeira fábrica da cervejaria Heineken, hoje o Heineken Experience. Tem de tudo sobre a garrafa verde: processo de fabricação, hall da fama, museu e bar. A entrada dá direito a dois copos pequenas. Você com certeza vai querer continuar a beber. Entre em um dos bares da cidade e aproveite outras cervejas holandesas. Para acompanhar, peça uma porção de Bitterballen, deliciosos bolinhos recheados com pedaços de carne.

Artis Zoo
Aberto todos os dias das 9h até 17h
Entrada: 18,50 Euros
Endereço: Plantage Kerklaan 38-40 – Tel: 0900 2784 796

Anne Frank House
Aberto todos os dias – horários variados
Entrada: 8,50 Euros
Endereço: Prinsengracht 267 – Tel.: 020 5567 100
Heineken Experience
Aberto todos os dias das 11h até 19h
Entrada: 15,00 Euros
Endereço: Stadhouderskade 78 – Tel: 020 5239 222

5º Dia: – Passeio nos canais – Red Light District – Concertgebouw

Tire a manhã do último dia para passear pelos canais que entrecortam a cidade e aprecie as coloridas fachadas de prédios do século XVII de um outro ângulo. Pode-se escolher o Canal Bus, uma grande barca que oferece três rotas com paradas próximas à maioria dos museus e centros comerciais. O bilhete para adultos custa 18 euros. Ou o Canal Bike – pedalinhos para até quatro pessoas que oferecem maior liberdade e comodidade. Os preços, a partir de sete euros, variam de acordo com o tamanho da tripulação e tempo de passeio.

A última parada pode ser o bairro da Luz Vermelha, com suas vitrines vivas e bares. Lá também fica o Museu do Sexo. Como em qualquer cidade do mundo, as zonas de prostituição requerem atenção durante a caminhada. Para os mais temerosos, há passeios guiados e gratuitos pela manhã.

Antes de ir embora, visite outros lugares inusitados, como a condomeire, uma engraçada sex shop, ou jogue uma partida de xadrez na Euweplein. Se a pedida for música, planeje uma ida ao Concertgebouw, casa de concertos que abriga a orquestra sinfônica da Holanda e que possui intensa programação musical de vários gêneros.

Condomeire
De 2ª feira a sábado, das 11h às 18h
Endereço: Warmoesstraat 141 – Tel: 020 6274 174

Concertgebouw
Endereço: Piet Heinkade 1 – Tel: 020 7882 010

Anúncios

1 Comentário

  1. Ciro said,

    Quebra tudo! Aproveite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: